Portal UauáWeb - Notícias em ação!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

ACIDENTE NA BR 235 EM UAUÁ, DEIXA UMA PESSOA MORTA

 Motocicleta envolvida no acidente (Foto: Reprodução/Desconhecido)


Segundo informações repassadas a redação da uw pelo Chefe da Guarda Municipal Adão, dão conta que um acidente ocorrido, na tarde desta segunda-feira (25) na BR 235, nas proximidades do aeroporto municipal, vitimou um homem de pré-nome Fabiano residente da Fazenda Umbuzeiro No referido acidente a vitima que pilotava uma moto foi encontrado fora da pista, o mesmo foi socorrido rapidamente para o Hospital Dr. Jair Braga mais não resistiu, tudo indica que ele caiu só, mais o caso será investigado.

Outra foto:



REDAÇÃO: WWW.UAUAWEB.COM.BR

domingo, 24 de janeiro de 2021

BA: Vacina de 'Oxford' será a próxima ser aplicada em Uauá, vacinação poderá ocorrer na próxima semana, em todo o estado

 
Foto: reprodução/ redes sociais

O Secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, anunciou, através das redes sociais, que a Bahia receberá 119.500 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca neste domingo (24). “Neste domingo 10:45h pousarão na Bahia 119.500 doses da vacina de Oxford/ AstraZeneca. Toda a logística que deu certo na primeira chegada será executada novamente”, escreveu Vilas-Boas. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o Brasil deve receber uma nova leva dos imunizantes trazidos da Índia no início de fevereiro. A primeira remessa com 2 milhões de doses da vacina produzidas no Instituto Serum chegou ao Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira (22) após o governo indiano autorizar as exportações comerciais do medicamento. Ou seja, semana que vem Uauá e 416 municípios baianos, poderão já receber as vacinas de Oxford para ser aplicado na população.


REDAÇÃO UAUÁWEB, com informações: horadainfor

SpaceX conclui lançamento de mais 60 satélites Starlink


Essa é uma das embarcações que compõem a frota de veículos de recuperação da SpaceX, que recuperam os propulsores e os levam de volta para o porto. (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Nesta quarta-feira, 20, a SpaceX lançou 60 satélites Starlink para orbitar do Complexo de Lançamento 39A (LC-39A) no Centro Espacial Kennedy, completando a décima sétima missão Starlink. O foguete de propulsão do primeiro estágio do Falcon 9 já foi utilizado em outras sete missões. Metade da carenagem do Falcon 9 também foi usava em missões anteriores.

O lançamento estava planejado para acontecer na segunda-feira,18, mas acabou adiado em função de más condições climáticas. Apesar do atraso, o foguete completou sua missão: o lançamento ocorreu na plataforma Pad 39A, no Kennedy Space Center, e, cerca de 9 minutos depois, o primeiro estágio do Falcon 9 já estava de volta para um pouso suave na embarcação com o nome “engraçadinho” Just Read the Instructions (“Apenas Leia as Instruções”, em tradução literal), no Oceano Atlântico.

Essa é uma das embarcações que compõem a frota de veículos de recuperação da SpaceX, que recuperam os propulsores e os levam de volta para o porto..

O conjunto de satélites levados é parte de um grande e ambicioso projeto: a SpaceX pretende fazer com que qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta (incluindo áreas remotas e de difícil acesso), tenha acesso à internet banda larga de alta velocidade e baixa latência. A ideia é que essa megaconstelação seja composta por pelo menos 30 mil satélites posicionados na órbita baixa da Terra, que irão fornecer rede para os usuários por meio de um pequeno terminal. Por enquanto, a rede ainda está em fase de testes beta, mas já há relatos de quem usou e gostou da alta velocidade de conexão no Reino Unido — país que começou a receber a novidade recentemente, depois de algumas partes dos Estados Unidos e do Canadá.

Apesar de ser um projeto com um benefício e tanto como objetivo, os satélites vêm preocupando astrônomos por interferirem em estudos espaciais. Por serem bastante brilhantes, eles atrapalham diversas observações astronômicas, deixando rastros nas imagens. A SpaceX já vem trabalhando em soluções para escurecê-los, e a mais recente buscou diminuir a luz refletida com a aplicação de visores nos satélites, além de um revestimento escuro aplicado anteriormente. Apesar de agora brilharem bem menos, ficando invisíveis a olho nu, eles continuam aparecendo em observações de telescópios — ou seja, o problema ainda não foi completamente resolvido, ainda que a empresa pareça empenhada para tal.


FONTE: https://www.istoedinheiro.com.br/spacex-conclui-lancamento-de-mais-60-satelites-starlink/

sábado, 23 de janeiro de 2021

Brasileiros saem às ruas das principais cidades do país em protestos contra Bolsonaro

 Milhares de brasileiros saíram neste sábado às ruas das principais cidades do país em manifestações em defesa da vacinação de todos contra a covid-19 e pelo impeachment (destituição) do presidente da República, Jair Bolsonaro.Foto: Ag.Estado/G1

Os protestos tiveram a participação de movimentos sociais, partidos e entidades sindicais.

Carreatas e concentrações ocorreram em Brasília e na maioria das capitais estaduais do país.

Bolsonaro tem vindo a ser acusado de gestão criminosa da pandemia de covid-19, que já causou mais de 215,5 mil mortes em todo o país.

A chegada ao Brasil dos primeiros lotes de vacinas, da CoronaVac e da AstraZeneca, acentuou as fragilidades e incapacidade do governo Bolsonaro para gerir a crise.

Desde o início da pandemia no país, Bolsonaro tem protagonizado campanhas contra as principais recomendações científicas e nomeadamente da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo Bolsonaro, a vacina contra a covid-19 que foi recentemente aprovada pela Anvisa, o órgão regulador, e por cientistas, ‘não está comprovada cientificamente’.

Sexta-feira (22), numa referência à vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e que começa a ser produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, ligado ao estado de São Paulo, Bolsonaro afirmou que  “não há nada comprovado cientificamente sobre essa vacina aí”.

“Eu não posso obrigar ninguém a tomar vacina, como um governador um tempo atrás falou que ia obrigar. Eu não sou inconsequente a esse ponto. Ela tem que ser voluntária, afinal de contas, não está nada comprovado cientificamente com essa vacina aí”, afirmou o presidente, citado pelo G1, da TV Globo.


FONTE: https://www.portugaldigital.com.br/brasileiros-saem-as-ruas-das-principais-cidades-do-pais-em-protestos-contra-bolsonaro/

Jorge Lobo diz: “Rombo encontrado na máquina pública de Uauá, ultrapassa R$ 40 milhões”

Foto: reprodução/arquivo pessoal

O Secretário Municipal de Saúde de Uauá, Jorge Lobo, na última sexta-feira (22), em contato com o AP Jornal Ação Popular, resumiu o retrato de como encontrou os PSF's do município. No posto de saúde do Bairro Vila dos Gomes na sede do município, Jorge declarou: “Neste posto de saúde tem sala sem porta, teto cheio de morcegos, tudo esculhambado com aparelhos sem funcionar, pessoas precisando de aparelhos de fisioterapia e nós encontramos jogados e amontoados”. disse Jorge.

Sobre o rombo encontrado na máquina pública, Jorge Lobo afirmou ao AP Jornal Ação Popular que “Ao todo, juntando a prefeitura com o INSS, já ultrapassa R$ 40 milhões. A dívida com INSS ultrapassa R$ 20 milhões, com a Coelba o debito deixado é de mais de R$ 8 milhões, dividas com Unimed, empréstimos consignados à bacos que foram descontados e não repassados. Até o auxílio moradia para os mais velhos, o município está correndo o risco de perder. O programa mais médicos não pagou  o mês de dezembro. Isso sem incluir o recurso do governo federal que chegou para combater o covid-19 na ordem de R$ 6.800.000,00  que sumiu. Segundo Jorge, é o maior desfalque financeiro da história política de Uauá, mais que uma equipe de fiscais da receita federal foi criada para investigar essas denúncias de fraudes na folha de pagamento da Prefeitura Municipal de Uauá, durante a administração do ex-gestor da mudança, entre os anos 2017 e 2020”, disse o secretário.


REDAÇÃO UAUÁWEB, com informações: AP Jornal Ação Popular

Prefeito Marcos Lobo lança programa 'Pavimenta', de obras e infraestrutura em Uauá

 
Foto: reprodução/arquivo pessoal

Foi dada a largada. A Prefeitura de Uauá lançou, na última sexta-feira (22), no Bairro Mãe Rainha o Programa 'Pavimenta', um amplo pacote de ações que engloba construção de calçamento de diversas ruas. Um grande investimento, o que vai gerar melhoria de vida para milhares de pessoas como também geração de renda para diversas outras, que terão a oportunidade de trabalhar durante a execução das obras. O 1ª bairro a ser atendido será o Mãe Rainha a antiga populares e a Av. Francisco José, será a primeira a ser pavimentada, depois outros bairros serão atendidos.

O ato contou com a presença do vice-prefeito Moisés Ribeiro (PL), o mesmo é Secretário de Infraestrutura, Transporte Serviços Públicos, como também de diversos outros secretários do governo municipal. Os vereadores da base do governo também estavam presentes.  

O prefeito Marcos Lobo (PDT) destacou as mudanças que o Programa 'Pavimenta' vai proporcionar aos uauaenses, e detalhou onde cada centavo será investido, “O governo trabalhando e cuidando das pessoas, está trabalhando em meio a pior crise econômica que o nosso munícipio vive, devido que o antigo gestor abandonou o município nos últimos 06 meses de sua gestão, mais vamos esquecer ele e fazer Uauá ser feliz de novo”, afirmou o prefeito. 


REDAÇÃO: WWW.UAUAWEB.COM.BR

Pizzaria Brasiliana - qualidade marcante, sabor dominante!

INSERT DIGITAL

PRÓ-SAÚDE - CLÍNICA MÉDICA EM UAUÁ

Grupo Santa Bárbara

POYNTNET - Provedor de Qualidade

PAX UAUÁ