Portal UauáWeb - Notícias em ação!

domingo, 7 de março de 2021

Criatura estranha assusta moradores de ilha na Bahia

 

Imagens de uma “criatura estranha” estão viralizando entre moradores da ilha de Itaparica, na Bahia. De acordo com populares locais, a tal criatura circula nas ruas após o toque de recolher imposto pelo governo estadual. Em mensagens que circulam no WhatsApp de moradores locais, o ser misterioso é comparado a um tipo de homem-macaco, lobisomem e até chupa-cabra.

Nas fotografias divulgadas pelo jornal Correio 24h, é possível ver uma criatura peluda e de braços longos. Em outros registros, nota-se uma família monstruosa.

A história segue sem explicações e continua reverberando entre os populares da ilha de Itaparica. Alguns moradores especulam que as fotos podem ser uma montagem ou um homem fantasiado, o que seria parte de uma estratégia do governo para garantir o lockdown parcial na região.


Fonte: https://istoe.com.br/criatura-estranha-assusta-moradores-de-ilha-na-bahia/?fbclid=IwAR1oauc9-69u14cl6VxMIigQH0TH7IQp9g4F-G-qcOW_Y7SEUn0fqfOMsZk

Novo lote da Coronavac chega à Uauá, os próximos a serem vacinados serão os idosos a partir de 81 anos

 

Foto: reprodução/Secretária de Saúde de Uauá

Uauá iniciará nos próximos dias a vacinação contra a Covid-19 dos idosos, a partir da idade de 81 anos. O município recebeu mais doses da Coronavac/Butantan, é mais uma remessa desse tipo de vacina recebida pelo município, lembrando que as doses chegaram em Uauá, na última sexta-feira (05). Uauá em outras oportunidades também já recebeu doses da vacina da Oxford/AstraZeneca. 

A secretaria de saúde informou que a vacinação ocorre de acordo com o cronograma do Ministério da Saúde, ou seja, os demais grupos devem aguardar o anúncio da vacinação, uma vez que depende do envio das doses.



REDAÇÃO: WWW.UAUAWEB.COM.BR

sábado, 6 de março de 2021

Bolsonaro lidera pesquisas de intenções de votos para 2022

 
Bolsonaro lidera pesquisa em cinco situações para presidente da República em 2022

O Instituto Paraná Pesquisa divulgou hoje, 5 de março, pesquisa de intenção de votos para as eleições presidenciais de 2022. O presidente Jair Bolsonaro mantém a liderança nos cinco cenários possíveis de candidaturas pelos diversos partidos políticos.

Em todas as simulações, ele aparece com intenção de votos estável, à volta de 32%, mas ele sobe para 37,6% quando o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro não aparece entre as opções.

No Cenário 1, Bolsonaro acumula 31,9%, contra 11,5% de Sergio Moro, em segundo lugar. Nesse cenário, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, como candidato do PT, seria o terceiro mais votado, com 10,5%.

Ciro Gomes (PDT) tem 10%, seguido de Luciano Huck (8%), enquanto o tucano João Doria teria 5,3%, Guilherme Boulos (PSOL) 3,2% e João Amoêdo (Novo) 2,8%. Representam 12,5% do total aqueles que não optam por qualquer dos candidatos, enquanto 4,3% não sabem ou não responderam.

No Cenário 2, Bolsonaro também lidera folgadamente com 33,9%, em uma hipótese sem a candidatura de Huck. Assim, Moro passaria a 12,3%, Haddad a 11,8%, Ciro Gomes a 10,7%, João Doria ganharia um ponto e chegaria a 6,3%, Boulos e Amoêdo totalizariam 3,2% cada.

Com Huck fora, nesse cenário, todos os demais pré-candidatos ganham, da esquerda à direita, numa demonstração de que o provável eleitor do apresentador de TV não é vinculado a qualquer corrente ideologicamente definida.

O presidente lidera igualmente o Cenário 3 de candidaturas ao Planalto, em 2022, com 32,4%, quando o atual governador do Rio Grande do Sul é apontado como o nome do PSDB em lugar de Doria. Nessa primeira pesquisa nacional em que é citado como pré-candidato, Leite aparece com 2,3% nas intenções de voto.

Neste canário, Sergio Moro segue em segundo lugar, com 12%, quando Haddad (PT) soma 10,8%, Ciro 10,3%, Huck 8,7%, Boulos 3,2% e Amoêdo 3%. Não sabem ou não responderam 4,5% dos entrevistados, enquanto 12,7% afirmam não preferir qualquer desses pré-candidatos.

Bolsonaro aparece na frente também no Cenário 4 do levantamento do Paraná Pesquisas, com 32,4%, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece como o nome do PT, muito embora neste momento ele é inelegível em razão de suas condenações por roubar os cofres públicos. Lula soma 18%.

Em terceiro lugar, neste cenário, aparece o ex.juiz Sergio Moro, com 11,6%, seguindo de Ciro Gomes em quarto lugar, com 8,7%. Na sequência, aparecem os nomes de João Doria (5,3%), Guilherme Boulos (3,5%, João Amoêdo (3%) e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, com apenas 1,4%.

No último cenário possível de candidatos a presidente em 2022, Bolsonaro segue na liderança, e com números ampliados para 37,6%, sem a presença de Sergio Moro entre seus rivais. Nessa hipótese, Haddad aparece em segundo lugar com menos da metade, ou sejam, 14,3%.

Neste Cenário 5, sem Moro, Ciro Gomes sobe para 13% e Doria para 6,9%, enquanto Amoêdo registra 3,9% das intenções de voto e Mandetta chega a 2,7%. Neste cenário, 15,5% dos entrevistados afirmam não preferir qualquer desses candidatos, enquanto 6% dizem não saber ou não responderam.

O Paraná Pesquisas entrevistou 2080 brasileiros em 196 municípios dos 26 estados e no Distrito Federal entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março.


FONTE: https://drd.com.br/bolsonaro-lidera-pesquisas-de-intencoes-de-votos-para-2022/

quinta-feira, 4 de março de 2021

Mais doses da Coronavac chegam na Bahia, Uauá e demais municípios deverão receber nos próximos dias

 
Foto: ilustrativo

Uma carga com mais 165,6 mil doses de vacinas contra o coronavírus chegou ao aeroporto de Salvador, na madrugada da última quarta-feira (3). Segundo o governo do estado, o lote recebido foi de vacinas produzidas pelo Butantan. Após a organização das doses feita pela equipe da coordenação de imunização do estado, foi iniciada, pelo Grupamento Aéreo da Policia Militar, a distribuição das vacinas para as centrais regionais no interior da Bahia, de onde serão encaminhadas em breve para Uauá e demais municípios baianos. 

Ainda segundo o governo do estado, a nova remessa dará possibilidade de continuidade à primeira fase do plano de vacinação, que inclui idosos e trabalhadores de saúde. Esta é a sexta remessa de vacinas que a Bahia recebe. Com a carga desta quarta-feira (3), o estado totaliza 1.111.200 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

Até às 15h de terça-feira (2), a Bahia possui 470.783 vacinados contra o coronavírus, dos quais 124.470 receberam também a segunda dose. As informações detalhadas sobre a vacinação na Bahia podem ser conferidas através da internet.


REDAÇÃO: WWW.UAUAWEB.COM.BR

Prefeito de Uauá, decreta LOCKDOWN por 3 dias no município

A cidade, conhecida popularmente como Capital do Bode, possui 67 casos ativos de Covid-19

Foto: reprodução/UauáWeb

Considerando o aumento substancial de casos do novo Coronavírus no estado da Bahia com os Leitos de UTI com 100% de ocupação em toda região, inclusive em Uauá. O prefeito Marcos Lobo (PDT), realizou uma live, na noite desta quinta-feira (04), onde optou por decretar lockdown na cidade por 72 horas, todas as atividades não essenciais serão suspensas pelo período de três dias. As novas medidas entram em vigor a partir deste sábado (06) às 00hs , de acordo com o Decreto Municipal que será publicado nos próximos dias. Abaixo veja o que vai ou não funcionar em Uauá.

FUNCIONAR EM DELIVERY: 
Restaurantes, lanchonetes, distribuidora de Água e Botijão de Gás.

FUNCIONARAM EM SISTEMA DE EMERGÊNCIA : 
Clinicas médicas e clinicas odontológicas.

FUNCIONARAM NORMALMENTE: 
Postos médicos, postos de combustíveis e lubrificantes, farmácias e drogarias.

ESTARAM SUSPENSAS: 
Feira livre, Agência bancárias inclusive o Autoatendimento, lotérica, supermercados, mercadinhos, padarias e qualquer outra atividade não essencial.


REDAÇÃO: WWW.UAUAWEB.COM.BR

Protestos contra Bolsonaro viralizam nas redes e "panelaços" se espalham pelo país

 Pelo segundo dia consecutivo, presidente foi alvo de ações em diversas cidades brasileiras

Projeção em São Paulo mostra bolsonaro confuso com máscara de proteção - Reprodução

O movimento que começou nesta terça-feira (17) em algumas cidades brasileiras, tomou corpo novamente nesta quarta (18) e diversas regiões registraram panelaços contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).  No Twitter a expressão "Fora Bolsonaros" ficou em primeiro lugar entre os assuntos mais comentados mundialmente. Na lista dos dez temas mais mencionados na rede social no Brasil estava também a expressão "Panelaço Contra Bolsonaro". 
As reações da população são uma resposta à postura do capitão reformado diante da crise do coronavírus. Enquanto a área de saúde do governo divulga ações e alertas diários sobre a propagação da doença no país, o presidente vinha minimizando o tema. Desde a semana passada, Bolsonaro tem afirmado em diversas declarações que a reação ao vírus tem caráter histérico.

Ele condena  também as recomendações para que a população evite aglomerações. No domingo (15) foi a um protesto contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal sem máscara, cumprimentou manifestantes com apertos de mão e tirou fotos.

Em São Paulo (SP) capital alguns bairros, como Barra Funda, Higienópolis, Consolação, Bela Vista e Santa Cecília, tiveram manifestações por mais de meia hora. Pelo menos dez bairros da cidade registraram protestos e, em alguns deles, os manifestantes tocaram instrumentos e fizeram projeções em prédios. Em Santa Cecília, uma foto do presidente usando máscara de proteção de maneira equivocada foi projetada. 

Bairros de periferia da Zona Sul e da Zona Leste de São Paulo também aderiram, entre eles a comunidade de Heliópolis, maior da cidade. Em Brasília, Ceilândia, Samambaia, regiões que foram criadas a partir de assentamentos e moradias populares, registraram muitas manifestações. No Rio de Janeiro (RJ) as favelas da Rocinha e do Vidigal não só bateram panelas, registraram também vizinhos tocando músicas de protesto.

Em Brasília (DF), regiões de classe média também registraram protesto, entre elas está Águas Claras, reduto bolsonarista em que o presidente teve votação expressiva nas eleições. Na capital paranaense, Curitiba (PR), onde mais de 70% da população votou em Bolsonaro, a região central também foi tomada por panelaços e gritos. 

Além disso, em outras cidades também ocorreram protestos, como Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Belém (PA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Salvador (BA), Aracaju (SE), Florianópolis (SC), Vitória da Conquista (BA), Taboão da Serra (SP), Vitória (ES), Juiz de Fora (MG), entre outras.
 

Edição: Rodrigo Chagas

FONTE: https://www.brasildefato.com.br/2020/03/18/protestos-contra-bolsonaro-viralizam-nas-redes-e-panelacos-se-espalham-pelo-pais

INSERT DIGITAL

PRÓ-SAÚDE - CLÍNICA MÉDICA EM UAUÁ

Grupo Santa Bárbara

POYNTNET - Provedor de Qualidade

PAX UAUÁ