Portal UauáWeb - Notícias em ação!

terça-feira, 23 de abril de 2019

Defesa de Lula pede que STJ adie julgamento desta terça

Lula, ex-presidente da República, preso desde abril de 2018 - Crédito: Reprodução / Agência Brasil
Lula, ex-presidente da República, preso desde abril de 2018 - Crédito: Reprodução / Agência Brasil

A defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva afirma não ter sido avisada previamente sobre o julgamento de hoje (23), do recurso que tenta reverter a condenação no caso do tríplex em Guarujá (SP). Foi feito um pedido para adiamento do julgamento marcado para o período da tarde no STJ.
No final dessa segunda-feira (22), advogados de Lula estiveram no gabinete do relator, Felix Fisher, e, segundo os advogados, obtiveram a informação, por volta de 18h30, de que não havia qualquer informação de que o recurso seria julgado na sessão. Eles afirmam que souberam sobre o julgamento por meio da imprensa. 
“Nós da defesa do ex-presidente Lula não fomos intimados da realização do julgamento e tampouco recebemos ou qualquer informação nas diligências que realizamos ontem ao longo do dia no Tribunal. Houve um comunicado à imprensa no final do dia. Isso não me parece adequado diante da garantia constitucional da ampla defesa e das nossas prerrogativas profissionais”, disse Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente.
Essa é a primeira vez que um tribunal superior deverá analisar esse processo de forma colegiada (numa turma composta por cinco ministros). A sessão está marcada para começar às 14h. Até agora, o STJ e o Supremo julgaram e negaram somente pedidos de soltura feitos pelo petista, sem apreciar a condenação em si. 
Com informações da Folha de São Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Os comentários escritos abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso Portal. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

INSERT DIGITAL

PRÓ-SAÚDE - CLÍNICA MÉDICA EM UAUÁ

Grupo Santa Bárbara

POYNTNET - Provedor de Qualidade

PAX UAUÁ