Portal UauáWeb - Notícias em ação!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Urgente: Rússia invade Ucrânia, Biden promete “reação unida e decisiva” dos EUA e aliados

Militares da Rússia participam da invasão da Ucrânia
“Injustificável”: segundo Biden, invasão da Ucrânia custará caro à Rússia (Imagem: REUTERS/Sergey Pivovarov)

O presidente Joe Biden divulgou uma nota oficial em que condena a invasão da Ucrânia pela Rússia, determinada por Vladimir Putin nesta quinta-feira (24). O americano afirmou que os ucranianos sofreram “um ataque não provocado e injustificável”.

“O presidente Putin escolheu uma guerra premeditada que trará uma perda catastrófica de vidas e sofrimento humano. A Rússia será responsável pela morte e destruição que esse ataque acarretará, e os Estados Unidos, seus aliados e parceiros responderão de um modo unido e decisivo”, declarou Biden na nota publicada pela Casa Branca.

Invasão da Ucrânia era “questão de tempo”

O presidente russo, Vladimir Putin, autorizou uma operação militar no leste da Ucrânia nesta quinta-feira, no que pode ser o início de uma guerra na Europa devido às exigências da Rússia pelo fim da expansão da Otan para o leste.

Pouco depois de Putin falar, uma testemunha da Reuters ouviu o som do que pareciam ser explosões à distância da capital ucraniana, Kiev.

Explosões também abalaram a cidade separatista de Donetsk, no leste da Ucrânia, e aeronaves civis foram alertadas quando os Estados Unidos disseram que um grande ataque da Rússia ao país vizinho era iminente.

Em comentários divulgados pela mídia russa, Putin disse que autorizou uma operação militar especial em áreas separatistas do leste da Ucrânia e que os confrontos entre forças russas e ucranianas são apenas uma questão de tempo.

Veja a íntegra da nota oficial de Joe Biden, presidente dos EUA, sobre a invasão da Ucrânia

“The prayers of the entire world are with the people of Ukraine tonight as they suffer an unprovoked and unjustified attack by Russian military forces. President Putin has chosen a premeditated war that will bring a catastrophic loss of life and human suffering. Russia alone is responsible for the death and destruction this attack will bring, and the United States and its Allies and partners will respond in a united and decisive way. The world will hold Russia accountable.

I will be monitoring the situation from the White House this evening and will continue to get regular updates from my national security team. Tomorrow, I will meet with my G7 counterparts in the morning and then speak to the American people to announce the further consequences the United States and our Allies and partners will impose on Russia for this needless act of aggression against Ukraine and global peace and security. We will also coordinate with our NATO Allies to ensure a strong, united response that deters any aggression against the Alliance. Tonight, Jill and I are praying for the brave and proud people of Ukraine.”

Numa tradução livre, a nota fica assim:

As orações de todo o mundo estão com o povo da Ucrânia nesta noite em que ele sofre um ataque não provocado e injustificável pelas forças militares russas. O presidente Putin escolheu uma guerra premeditada que trará uma catastrófica perda de vidas e sofrimento humano. A Rússia é responsável pela morte e destruição que este ataque acarretará, e os Estados Unidos, seus aliados e parceiros responderão de uma maneira unida e decisiva. O mundo responsabilizará a Rússia.

Estarei monitorando a situação, a partir da Casa Branca, nesta noite e continuarei a obter atualizações regulares do meu time de segurança nacional. Amanhã, me encontrarei com meus pares do G7 pela manhã, e, em seguida, falarei ao povo americano para anunciar as consequências adicionais que os Estados Unidos, seus aliados e parceiros irão impor à Rússia por seu desnecessário ato de agressão contra a Ucrânia e a paz e segurança globais. Também nos articularemos com nossos aliados da Otan para assegurar uma resposta forte e unificada para deter qualquer agressão contra a Aliança. Nesta noite, Jill e eu estaremos rezando pelo bravo e orgulhoso povo da Ucrânia.”

(Com informações da Reuters.)

FONTE: https://www.moneytimes.com.br/russia-invade-ucrania-biden-promete-reacao-unida-e-decisiva-dos-eua-e-aliados/

0 comments:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Os comentários escritos abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso Portal. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

POYNTNET - Provedor de Qualidade

PRÓ-SAÚDE - CLÍNICA MÉDICA EM UAUÁ

PAX UAUÁ

INSERT DIGITAL

Grupo Santa Bárbara